Sexta, 20 de Maio de 2022
21°

Poucas nuvens

Patos - PB

Polícia POLICIAL

Suspeito de fabricar armas em impressora 3D é preso em Gravataí

Homem de 27 anos foi autuado em flagrante por posse de acessório de arma e por tráfico de drogas. Cinco impressoras 3D avaliadas em R$ 15 mil produziam peças 24h por dia.

07/05/2022 às 10h24
Por: Redação
Compartilhe:
Polícia descobre fábrica clandestina de peças de armas no RS - Imagem: reprodução
Polícia descobre fábrica clandestina de peças de armas no RS - Imagem: reprodução

Um homem de 27 anos foi preso em flagrante, nesta sexta-feira (6), por posse de acessório de arma e por tráfico de drogas

Continua depois da publicidade

 em Gravataí, na Região Metropolitana de Porto Alegre. Ele foi encontrado em uma fábrica clandestina de peças de armas, que, segundo a polícia, eram produzidas em uma impressora 3D.

 

No imóvel, os agentes encontraram cinco impressoras 3D, avaliadas em R$ 15 mil. Os equipamentos funcionariam 24h esculpindo as peças, que seriam desenhadas e projetadas pelo suspeito, segundo a polícia.

De acordo com o delegado Guilherme Calderipe, os produtos eram vendidos via internet para todo o Brasil. No momento do flagrante, o suspeito estava produzindo uma peça, conforme a investigação.

A principal produção da fábrica clandestina era de acessórios como os chamados "kit roni", utilizados para dar maior estabilidade a armas.

A Polícia Civil apreendeu, ainda, porções de maconha com o suspeito.

Itens apreendidos em fábrica clandestina de peças de armas em Gravataí — Foto: PC/Divulgação

 

Por g1 RS

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias